vanBasco Karaoke Player

vanBasco Karaoke Player 2.53

Karaokê para animar qualquer reunião ou festa

A festa já está cheia mas a galera continua com aquela cara desanimada. Tire o DJ da frente do computador, abra o vanBasco Karaoke Player e veja todo mundo entrar no ritmo do karaokê. Ler descrição completa

PRÓS

  • Simples
  • Ativação individual de instrumentos
  • Controle de tempo e tom

CONTRAS

  • Não disponível em português
  • Muitas janelas soltas

Muito bom
8

A festa já está cheia mas a galera continua com aquela cara desanimada. Tire o DJ da frente do computador, abra o vanBasco Karaoke Player e veja todo mundo entrar no ritmo do karaokê.

A base do sucesso do vanBasco Karaoke Player é ter uma coleção de músicas extensa e variada. O programa aceita tanto extensão KAR como MID, o que torna mais fácil encontrar arquivos na internet. A própria página do autor disponibiliza um buscador de canções que acha de tudo.

Letra de música

Rock, pop, reggae, salsa... Cada convidado canta temas que agradam ao gosto pessoal enquanto você controla o som. O vanBasco Karaoke Player é um verdadeiro estúdio. Altere o tempo da música, suba o tom das notas, desative instrumentos individualmente.

Para você não ficar todo o tempo no computador e perder a festa, crie listas de reprodução de acordo com a ordem dos cantores. A letra da música aparece em uma janela separada para abrir em tela cheia. Lembre-se de treinar a sós com o vanBasco Karaoke Player para não fazer feio na hora da festa.

vanBasco Karaoke Player é compatível com

KAR, MID
vanBasco Karaoke Player

Download

vanBasco Karaoke Player 2.53

— Opinião usuários — sobre vanBasco Karaoke Player

  • "eu sempre usei e sou fá"

    muito bom recomendo a tds! canto nele direto e muito bom mesmo pode baixar. Mais.

    escrito em 13 de setembro de 2013

  • Odair de Oliveira

    por Odair de Oliveira

    "Já tem o pacote em portugues (Portugal)"

    É realmente muito bom e ainda melhor agora que já tem o pak portugues...o acompanhamento do piano é uma forma de se apr... Mais.

    escrito em 3 de fevereiro de 2010